Frase do Dia:



Ir para o AbaixoAssinado.Org


Abaixo-Assinado (#39211):

Chico Senador 2018

Destinatário: renatojefferson@infolink.com.br

CHICO SENADOR
"Acreditar na existência dourada do sol/ mesmo que em plena boca nos bata o açoite contínuo da morte"
(Aldir Blanc e João Bosco)


Os tempos são ásperos, mas o PSOL, sobretudo no Rio de Janeiro, vive um processo de ampliação continuado e expressivo tanto nas disputas eleitorais quanto na presença de seus militantes nas lutas sociais de todo Estado. A cada eleição, as nossas bancadas crescem em quantidade, qualidade e combatividade. Polarizamos, com campanhas memoráveis, as duas últimas disputas para a prefeitura da capital. E na última eleição para governador do Estado, o nosso candidato foi a grande revelação. Tarcísio Mota sustentou, com o brilho de propostas e causas, o indicativo de crescimento.

Essa trajetória bem-sucedida está alicerçada na presença ativa da nossa militância nas mais diferentes frentes da luta social. Nos movimentos da cidadania, da classe trabalhadora e na corajosa disposição de combate contra todos os tipos de opressão. Nossa construção programática se faz a quente, nos espaços de trocas e reflexão, na busca de convergências na ação política com amplo respeito às diferenças. É dessa forma que mandatos deste valente PSOL são ferramentas vivas e impulsionadoras das lutas contemporâneas.

Ética, transparência e combatividade são características marcantes na atuação dos mandatos de nossos deputados federais, estaduais e vereadores. A defesa dos direitos dos trabalhadores e da democracia foram os princípios que sustentaram a ação do PSOL, seja construindo uma efetiva oposição de esquerda aos governos Lula e Dilma, seja na luta contra o golpe parlamentar de 2016, seja ainda na luta pelo Fora Temer.

No Estado do Rio de Janeiro, onde as instituições encontram-se em crise profunda, ex-governadores estão presos ou sob severas investigações e o PMDB e seus caciques definham, o PSOL, seus militantes e mandatos estiveram desde a primeira hora na linha de frente da luta contra o modelo de desenvolvimento e de gestão do Estado implantado pela quadrilha de Cabral e Picciani. Nossa bancada representa uma renovação dos quadros da política e nossos mandatos na ALERJ são instrumentos permanentes em defesa de nossas universidades estaduais, apoiando as lutas na região metropolitana e do interior de nosso Estado.

Nas várias câmaras de vereadores onde o PSOL se faz presente, a fiscalização do Executivo, a luta contra o fundamentalismo, a defesa da democratização das cidades, com a garantia dos direitos fundamentais dos trabalhadores têm sido a marca de nossos mandatos em constante diálogo com a diversidade dos movimentos sociais da cidade e do campo.

Num país lgbtfóbico como o nosso, que ceifa uma vida a cada 25 horas, muito nos orgulha ter um partido que se abre para ativistas e movimentos que buscam tirar do Brasil o triste título de campeão mundial de crimes contra a população LGBTQI. Da mesma forma, ter um programa e uma atuação feminista e antirracista é um compromisso inexorável do qual não podemos ou iremos nos esquivar. A cada 11 minutos uma mulher é violentada no Brasil. 503 mulheres são agredidas por hora no Brasil. Uma mulher negra tem dobro de chance de ser assassinada do que uma mulher branca. 65,9% das mulheres vítimas de violência obstétrica são negras. 62,8% das mulheres vítimas de mortalidade materna são negras. Esses são números de um Brasil machista, racista e patriarcal, e é urgente solucionar esse cenário. Isso não é tarefa do socialismo, é tarefa dos socialistas! É isso que os setoriais, núcleos, mandatos e militantes do PSOL vem construindo, a partir de diálogos, encontros e convergências. Os tambores rufam ao som de novos tempos, de um novo mundo e de uma nova vida, sem machismo, sem racismo, sem qualquer forma de opressão.

Nossos mandatos se espraiam para além das casas legislativas demonstrando o comprometimento com as lutas sociais concretas. A proposição e condução de CPIs (Milícias, Armas, Transportes, Águas), a atuação nas comissões permantes (Direitos Humanos, Educação, Mulheres, Cultura, Meio Ambiente) e a construção de propostas legislativas sempre estiveram articuladas com as diversas frentes de luta que se abrem constantemente nessa nossa sociedade desigual e excludente.


O grande desafio, nas eleições que se aproximam, é dar continuidade a esse processo. Avançar na luta aberta em todas as frentes.

Eleição, para nós, apesar das regras limitadoras do sistema, é uma parte importante de um complexo processo de lutas sociais. Já temos, para a disputa nos legislativos, estadual e federal, listas de candidatas e candidatos tão fortes como nunca tivemos. Para o governo do Estado, apresentamos, com força redobrada, o nome de Tarcísio Motta, rumo ao segundo turno e à vitória. Falta agregar o novo desafio: conquistar para a luta de trabalhadoras e trabalhadores uma vaga em disputa para o Senado Federal.

Aqueles e aquelas que assinam este documento apostam na possibilidade de agregar à nossa trajetória mais essa vitória. As máquinas eleitorais corruptas dos grandes partidos da ordem estão em crise, mas sempre se recompõem. A tarefa é muito difícil, mas estimulante. E o nome que escolhemos para enfrentar o importante desafio não poderia ser mais adequado. Combativo e experiente, patrimônio consolidado de influência e respeitabilidade, no auge de sua capacidade de formulação e atuação política, ele vai somar forças na linha de frente de nossa campanha. VAMOS, JUNTAS E JUNTOS, COM CHICO ALENCAR SENADOR!

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Compartilhar:

Share

Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.