Frase do Dia:



Ir para o AbaixoAssinado.Org


Abaixo-Assinado (#41211):

Contra o Edital 55/2018 - Polícia Civil do Mato Grosso do Sul

Destinatário: SAD, FAPEMS, ACADEPOL

Nós, candidatos aos cargos de Escrivão e Investigador da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, abaixo assinados, solicitamos a retificação do EDITAL n. 55/2018 – SAD/SEJUSP/PCMS/AGENTE DE POLÍCIA JUDICIÁRIA DO ESTADO DO MATO GROSSO SUL, referente a fase da prova de digitação, em razão da ausência de parâmetros técnicos razoáveis exigidos em provas de igual natureza. Vejamos:

1. O edital dispôs que a prova "consistirá na digitação de um texto de aproximadamente dois mil caracteres, fornecido aos candidatos em folha impressa", sendo considerado "apto o candidato que completar a digitação do texto até o término do tempo de 5 (cinco) minutos.";

2. A referida exigência, sem a especificação de toques por minutos, fere o princípio da razoabilidade esperado para uma prova que se destina a formação de futuros policiais e não de digitadores profissionais;

3. Qualquer concurso com fase de prova de digitação prevê uma critério razoável de toques líquidos por minuto, a exemplo da Polícia Civil de Goiás, que exigiu 100 toques líquidos por minuto; do concurso para Escrivão de Polícia do Maranhão, que exigiu o máximo de 130 toques líquidos por minuto; a do concurso para Escrivão de Polícia do Paraná, que exigiu 100 toques líquidos por minutos, entre outros.

4. Vale destacar que nenhum outro concurso realizado no Brasil para cargos de polícia exigiu sequer a metade do proposto pela Banca responsável pelo concurso em tela, isto é, exigir 1.000 caracteres em 5 (cinco) minutos, sem estipular toques por minuto, já seria uma arbitrariedade sem precedentes em provas de igual natureza;

5. Outro ponto a se destacar é que a referida Banca faz uma exigência acima da média em tempo extremamente exíguo, apenas 5 dias antes da prova, o que corresponde a outra lesão;

6. Assim, por todo o exposto, os candidatos abaixo assinados requerem a retificação do edital para que passe a constar a exigência de toques por minuto, como faz todas as outras bancas quando prescrevem provas de digitação, requerendo que haja razoabilidade no edital, conforme as atribuições exigidas para os cargos de polícia, o que normalmente gira em torno de 100 a 130 toques líquidos por minuto (TPMs).

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.