Abaixo-Assinado (#42964):

Em Defesa das Florestas

Destinatário: contato@epoliticsgraziano.com

Carta aberta ao Dr. Charles Ian McNeill, Conselheiro Principal, Florestas e Clima, ONU Meio Ambiente:

Em defesa das Florestas Brasileiras

O Brasil é o portador da maior floresta tropical continua do planeta, bem como, de biomas excepcionais, como a mata atlântica, cerrado e caatinga.
Infelizmente o país ainda enfrenta dificuldades no combate ao desmatamento, notadamente na Amazônia, sendo que, as emissões decorrentes deste desmatamento, colocam o Brasil numa posição no ranking dos principais países em emissões de gases efeito estufa do planeta.

Os últimos governos com apoio da sociedade civil tem realizado grandes esforços para diminuir o desmatamento de nossos biomas diante de novas áreas protegidas e pela aplicação de uma legislação rigorosa contra os desmatadores.

Ainda que que insuficiente, essas iniciativas devem ser fortalecidas e ampliadas para que o país possa cumprir seus compromissos internacionais em relação as metas assumidas no Acordo de Paris.

A campanha eleitoral de 2018 evidenciou um país altamente polarizado e a possibilidade de um avanço conservador no tocante aos temas socioambientais, exigindo uma grande mobilidade da comunidade e opinião pública internacional contra tais retrocessos.

Na véspera da primeira rodada de revisão do Acordo de Paris, e considerando as perdas irreversíveis da biodiversidade relacionadas ao desmatamento, é crucial que as Nações Unidas reconheçam esses riscos, ajudando-nos a aumentar a conscientização internacional para defender o que consideramos um bem comum global.

Esta mensagem é assinada pelo Movimento Coletivo Socioambiental Brasileiro de Defesa das Florestas.
Comissão de Justiça e Paz
Frente Inter-religiosa
Dom Paulo Evaristo Arns Justiça e Reconciliação

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.