Frase do Dia:



Ir para o AbaixoAssinado.Org


Abaixo-Assinado (#45033):

AÇÕES CONTRA O GRUPO MINERWORLD

Destinatário: Câmara Federal - PGR - DPF/DF - MPMS


Vimos por meio desde requerer providências dos poderes legislativo e judiciário na apuração de supostos crimes cometidos em desfavor do grupo empresarial Minerworld. Representados pelos nacionais Círeco Saad Cruz, Johnes de Carvalho Nunes, Hércules Franco Gobby e demais empresários e pessoas que associaram diretamente para que milhares de brasileiros e estrangeiros tivessem prejuízos financeiros, materiais, morais, por meios fraudulentos.

Supostos crimes cometidos são os seguintes que estão em um conjunto de provas anexas a este abaixo-assinado.

01. Piramide financeira.

02. Contra o sistema financeiro nacional

03. Estelionato.

04. Falsidade ideológica.

05. Evasão de divisas.

06. Associação criminosa.

07. Omissão de informações a justiça.

08. Mentir para justiça.

09. Falso comunicado de fato enganoso.

10. Tráfico de influência.

11. Sonegação fiscal.

12. Moeda falsa.

13. Economia popular.

14. Falsificação de documentos.

15. Contra a fé pública.

Os nacionais em questão teve as atividades interrompidas por uma ação na esfera civil proposta pelo MPMS. Antes faziam uso de várias empresas de suposto ‘marketing’ multinível, que movimentou milhões de reais, subtraído com processos fraudulentos que prometiam lucros absurdos, deixando claro a prática de uma série de crimes.

O grupo em questão, operava há alguns anos no país, e mesmo com algumas denúncias feitas pela PF do MS. No âmbito nacional, continuaram com a operação que resultou no prejuízo financeiro, moral, material a milhares de brasileiros que foram atraídos por supostos ganhos inexistentes e sofreram este duro golpe em 2018. Os investidores foram surpreendidos pelo Grupo na falta dos pagamentos.

No entanto, um fato nos chamou a atenção: várias denúncias na esfera criminal e nenhuma providência foi tomada contra a prática criminosa do grupo em questão. O fato resultou num enorme prejuízo que o tribunal especializado do MS, tenta reparar. Os proprietários nacionais denunciados não sabem informar o destino dos milhões de reais subtraídos através de suposta mineradora de moedas digitais. Diante do exposto, pedimos que sejam tomadas as devidas apurações pelos órgãos acima citados, no tempo em que seja possível a interceptação dos valores subtraídos. Solicitamos os consumidores, vítimas que assinem o presente abaixo-assinado para que o mesmo produza o efeito popular necessário.

ONG projeto ajudar.

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.