Abaixo-Assinado (#32174):

CASD - Nota de Repúdio

Destinatário: CPOR, ITA, CASD

O que torna o ITA um instituto de excelência são as pessoas nele. O aluno de graduação tem, durante o curso, a oportunidade de viver com mais de 700 pessoas de todos os lugares do país, com diversas experiências e conhecimentos, cuidadosamente selecionados por um dos vestibulares mais desafiadores do país. Essa experiência começa a partir do primeiro dia em que o aluno chega na instituição, a partir do qual já começa a residir no H8, um mês antes do início das aulas.

Nesse período, o novo aluno conhece vários alunos egressos do ITA, alguns formados na década de 50, que são convidados, um por dia, a conversar com eles sobre temas essenciais à vida do iteano como coletividade, Disciplina Consciente e espírito de turma, além de compartilhar experiências pessoais.

É nessa época, também, que eles são apresentados às atividades extracurriculares que podem realizar durante o curso. Mesmo sendo uma instituição pequena, o ITA se destaca por suas premiações em competições acadêmicas, trabalho voluntário, envolvimento social e pela grande iniciativa dos alunos em atividades culturais e esportivas.

Quem organiza essas atividades é uma comissão formada por alunos do ITA de todo o país, que abrem mão de passar suas férias com suas famílias para receber os novos alunos, também tomando a responsabilidade de auxiliar os alunos nas atividades administrativas que antecedem as aulas. Tudo isso é feito voluntariamente e com recursos do Centro Acadêmico, sem o recebimento de auxílio financeiro do ITA.

Os alunos deste ano foram roubados dessa experiência.

A partir dessa segunda-feira, 25 de janeiro, o CPORAER-SJC decidiu pela instituição de um regime de internato para os alunos do 1º ano de graduação do ITA (Turma de 2020) durante seu período de adaptação. Assim, os novos alunos ficarão totalmente isolados do resto da comunidade até o começo das aulas, sendo liberados durante o feriado de carnaval. O Centro Acadêmico Santos Dumont, grêmio estudantil dos alunos de graduação do ITA, vem aqui manifestar seu repúdio a tal medida.

Tal regime não está previsto no edital do vestibular do ITA, nem na legislação aplicável ao processo seletivo. Em outras instituições que adotam o regime de internato, como a AFA, isso é bem definido no edital do concurso. Essa medida foi tomada a despeito do edital, que estabelece que “a residência no Campus do DCTA é facultativa”, sem especificar o período em que essa determinação é aplicada.

Agrava a situação o fato do CPORAER-SJC ter agido secretamente, planejando uma complexa logística de alocação desses alunos sem comunicar a reitoria do ITA ou os próprios alunos. É prova de intencionamento duvidoso do CPORAER-SJC ele não ter contestado o calendário oficial do ITA, enviado ao CPORAER-SJC com antecedência e apresentado aos novos alunos pela Divisão de Alunos do ITA na cerimônia de chegada dos alunos, que contava com a presença do Comandante do CPORAER-SJC. Se o CPORAER-SJC acredita que está agindo corretamente, porque tomar essa atitude?

A comunidade de alunos e ex-alunos está transtornada com esses acontecimentos, e espera uma atitude imediata por parte da reitoria do ITA e da Diretoria do DCTA.

Centro Acadêmico Santos Dumont
Comissão de Recepção - 2020

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.