Frase do Dia:



Ir para o AbaixoAssinado.Org


Abaixo-Assinado (#44653):

Abaixo-assinado referente à prisão dos engenheiros Makoto Namba e André Yassuda

Destinatário: CREA

Nós, abaixo-assinados, por meio desta deixamos pública nossa indignação com o tratamento dispensado a dois profissionais do mais alto gabarito técnico, que estão sofrendo linchamento público em virtude da tragédia que se abateu sobre Brumadinho.
Tanto o engenheiro Makoto Namba quanto o engenheiro André Yassuda têm carreira desenvolvida no âmbito da Engenharia Geotécnica, com excelentes serviços prestados durante ao menos quatro décadas, trabalhando inclusive para evitar acidentes em obras realizadas em ambiente urbano.
Basta citar que o engenheiro Makoto Namba, um dos engenheiros presos no dia 30 de Janeiro de 2019, venceu em 2018 um prêmio por projeto de gestão de risco geotécnico de barragens de rejeito. Concedido pela ABMS (Associação Brasileira de Mecânica dos Solos e Engenharia Geotécnica), o prêmio foi dado a uma equipe de seis engenheiros, da qual Namba faz parte, pelo estudo de caso da barragem de Itabiruçu, em Itabira (MG, a 160 km de Brumadinho).
Não se trata de fugir às responsabilidades, mas de tratar com justiça os profissionais que participaram da auditoria técnica até que as causas da ruptura da Barragem de Rejeitos da Mina do Feijão sejam identificadas.
A atitude do CREA-SP causou indignação e revolta, ao tratar tão ilustres representantes da classe como irresponsáveis. Observamos o caráter cartorial desse Conselho de Classe, que se juntou ao linchamento público, ao emitir Nota informando que iniciou processo de cancelamento do registro dos profissionais, verificando primeiro se estavam em dia com registros e recolhimento de taxas no Estado de Minas Gerais.

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.