Abaixo-Assinado (#49896):

Proposta de desconto Colégio São Luis - São Leopolo

Destinatário: Grupo Gestor do Colégio São Luis

São Leopoldo, 22 de abril de 2020

AOS GESTORES DO COLÉGIO SÃO LUIS - SÃO LEOPOLDO

Caríssimos,
é com o sentimento de parceria e lembrando do princípio da razoabilidade que recorremos a este instrumento. Queremos diante do exposto abaixo buscar um entendimento neste momento de crise pandêmica mundial, em função da Covid-19, para que mantenhamos sólida a nossa relação escola e família e cheguemos, assim, a um equilíbrio para todas as partes.

Sabemos que estamos diante de arrochos financeiros, muitas famílias enfrentam dolorosamente perdas percentuais de rendimentos, quando não perdas de empregos. Nunca antes vivemos quadro parecido. Entendemos a necessidade de a escola honrar seus compromissos e manter seus funcionários. E com vocês, gestores, estamos solidários. nós, Pais, responsáveis e alunos abaixo assinados do Ensino do Colégio São Luis, São Leopoldo, estamos dispostos a debater o funcionamento do projeto educacional daqui para frente, contudo precisamos de compreensão e um gesto institucional para que continuemos com nossos compromissos financeiros em dia.

Assim, este documento tem como finalidade uma proposta de desconto temporário para os alunos matriculados e sobre os quais temos responsabilidades. Sabemos que:

Houve significativa redução de custos operacionais por parte da escola, em consumo de energia, produtos de limpeza, papel, pagamento de vales-transportes, tickets alimentação para funcionários e outros benefícios;

Foram concedidos benefícios governamentais excepcionais neste período de crise pelo coronavírus, dentre eles, auxílios concedidos pelo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, instituído pela Medida Provisória nº 936 de 01 de abril de 2020;
Serão revistos gastos provisionados para eventos e datas festivas internas, como Páscoa, São João, abertura de jogos e outros relativos a programações financeiras para este ano, que muito provavelmente serão suspensas. Sabemos que a exclusão desses eventos festivos do calendário reduzirá o custo operacional das atividades;

Existem práticas semelhantes em outras escolas da rede privada de ensino do RS, que se antecederam e comunicaram já às famílias a concessão de desconto globalizado. Além disso existem projetos de Lei em tramitação na Câmara dos Deputados sensíveis ao tema, como o PL 1119/2020 - que trata da obrigação das instituições de ensino fundamental e médio da rede privada a reduzirem suas mensalidades em, no mínimo, 30% (trinta por cento); e como o PL 1183/20, que também rege sobre descontos concedidos por colégios e faculdades da redes particulares

Considerando estes argumentos iniciais, propomos um acordo para evitar quebras de contratos e o consequente aumento da inadimplência. Este caminho não seria bom para o grupo escolar gestor, tampouco para as famílias - que continuam firmes no intuito de honrar seus compromissos. Desta maneira, os termos do acordo proposto são os seguintes:

QUANTO AO ENSINO REGULAR

Desconto de 40% do Ensino Fundamental para cada aluno, concedido de maneira ampla, sem qualquer condição imposta às famílias;
- Desconto com validade retroativa a partir do dia 19/03/2020;
- Desconto cumulativo com outros descontos que o contratante já tenha firmado;
- Manutenção dos descontos até um mês após o fim da pandemia, de acordo com o governo, para que ajude assim a equilibrar as finanças das famílias;

QUANTO ÀS ESCOLAS DE ESPORTES, TEATRO, DANÇA E OUTROS EXTRA CURRICULARES.

- Isenção de pagamento de mensalidades para as escolinhas, a partir do dia 19/03/2020, até que as aulas presenciais sejam retomadas e cada família, assim, reavalie a manutenção do contrato dos serviços prestados.

QUANTO AO CONTRA TURNO
Uma vez que o contra turno tem como sua maior despesa a alimentação que é fornecida ao aluno no horário do almoço, bem como o ordenado da professora que fica com os alunos, no auxilio de realizar os temas das diversas disciplinas. Tarefa essa atualmente suportada pelos pais,desde o dia 19/03, acreditamos que o desconto retroativo desde essa data deva ser de no minimo 50% percentual esse que assegura o ordenado do pessoal do contra turno. uma vez que mais nenhuma despesa decorrente dessa suspensão acreditamos que exista.

Afora estas condições, diante do restante do montante mensal pago, caberá ao Colégio São Luis o compromisso de compensação da carga horária para alunos do ensino que não sejam dadas por meio de ensino à distância e a compensação deverá se dar em período posterior, com calendário a ser definido pelos órgãos competentes.
E melhorar o EAD Atual, uma vez que não existe ainda de maneira efetiva uma agenda/horários de aulas online com os professores, para ensino de matéria escolar, bem como de dialogo direto com os alunos para esclarecimento de duvidas. Pois atualmente a comunicação está muito unilateral. Bem como uma maior informação e transparência de como será feita a avaliação dos alunos neste período, uma vez que no portal do aluno são colocadas atividades, mas não existe meio para o mesmo colocar os trabalhos realizados para avaliação e acompanhamento dos professores.

Estamos abertos a novas conversas e a colaborar com o modelo de ensino a ser adotado daqui por diante. Frisamos neste apelo o princípio da razoabilidade, considerando o caso fortuito em que vivemos. Diante do exposto, aguardamos o retorno a respeito dos nossos pleitos.

Atenciosamente,
Pais, responsáveis e alunos abaixo assinados do Ensino do Colégio São Luis, São Leopoldo

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.