Abaixo-Assinado (#50533):

A CULTURA DE LONDRINA NÃO PODE MORRER!

Destinatário: Prefeito de Londrina Marcelo Belinati

Manifesto dos trabalhadores da Cultura de Londrina ao prefeito Marcelo Belinati e à população da cidade.

O que queremos do prefeito Marcelo Belinati?
Que ele não corte os já escassos recursos da Secretaria Municipal de Cultura, que pague os projetos selecionados no ano passado (Edital 009/2019) e que publique imediatamente os editais emergenciais do Promic – Programa Municipal de Incentivo à Cultura.
Por que?
Porque Londrina pulsa cultura e arte. Desde sempre. Quem aqui vive ou aqui chega se aconchega nos sons, nas imagens, nos sabores, nos toques e nos movimentos que tecem poéticas em cada canto da cidade. A feliz cidade da arte arde, incendeia corações e mentes.
Porém, agora, o outro lado da moeda: a triste cidade do momento. A cidade que mata é a cidade que morre, que adoece. A parte da cidade que enaltece a riqueza de uns e despreza morte de outros, padece de poesia, sensibilidade e humanidade.
Não conseguimos respirar. Precisamos respirar!
A cultura é antes de tudo, antídoto.
Da brutalidade.
Contra as ideias de força, a força das ideias... Da imaginação, da criatividade, da boniteza.
A gente não quer só comida – que já falta. A gente quer comida, diversão e arte... máscaras, álcool gel, isolamento/distanciamento social, transparência, serviço público e gratuito de saúde. A gente quer renda emergencial, empatia, solidariedade. A gente quer direitos! A gente quer viver!
Londrina é um importante polo cultural, fruto da luta incansável dos trabalhadores da cultura. Do ponto de vista econômico geramos três empregos enquanto, com o mesmo recurso, outros ramos da economia geram um posto de trabalho. A produção cultural de Londrina garante uma gama rica e diversificada de empregos, atrai recursos para o município e estimula o turismo. Porém, apesar da importância econômica, atuamos prioritariamente pela democratização do acesso à produção, à circulação e à fruição artística/cultural, visando à dignidade humana.
As atividades das vilas culturais, dos coletivos, dos festivais, dos artistas, dos produtores e agentes culturais são um chamamento à construção de outro mundo possível. Mais justo e belo.
Apesar disso, muitos de nós estamos passando necessidades em decorrência da Pandemia. Vivemos com nosso público. Subsistimos do nosso trabalho. Fomos os primeiros a parar e seremos os últimos a voltar. Sem recursos, sem trabalho e em breve sem condições de produzir cultura. Muitos estão vendendo acervos, equipamentos e instrumentos de trabalho para conseguir colocar comida na mesa da família. E temos dinheiro da cultura parado no caixa da prefeitura. É impressionante a morosidade da prefeitura para enfrentar os problemas emergenciais.
Vamos reverter essa situação!
É nosso desejo, necessidade e vontade.
É o que a vida quer e precisa.
Por isso, prefeito Marcelo Belinati, não corte recursos da Cultura, pague os projetos selecionados e publique os editais emergenciais do Promic.

A CULTURA DE LONDRINA NÃO PODE MORRER!!

Assine este abaixo-assinado

Dados adicionais:


Por que você está assinando?


Sobre nós

O AbaixoAssinado.Org é um serviço público de disponibilização gratúita de abaixo-assinados.
A responsabilidade dos conteúdos veiculados são de inteira responsabilidade de seus autores.
Dúvidas, sugestões, etc? Faça Contato.